A POESIA DO SERTÃO

NORDESTE

MUSICAL

Nilson Freire,

Chico de Assis e João Santana

Maestro Fabiano Medeiros

Maestro Fabiano Medeiros

Diretor Musical

Músico multi-instrumentista e compositor. Maestro  na Orquestra popular Marafreboi. Integrante da Orquestra Filarmônica de Brasília. Professor na Faculdade de artes Dulcina.

Chico Simões

Chico Simões

Diretor de Cena

Brincante premiado, fundador do grupo Mamulengo Presepada, mentor artístico de gerações, arte-educador, dramaturgo e diretor teatral.

E-cordel do projeto

Luiz Gonzaga e o Forró

Livreto de autoria do cordelista DONZÍLIO LUIZ DE OLIVEIRA

Audio-cordel do projeto

Luiz Gonzaga e o Forró. Livreto de autoria do cordelista DONZÍLIO LUIZ DE OLIVEIRA. Declamação de NILSON FREIRE.

Espetáculo Cênico-musical que homenageia o Forró Pe-de-Serra, o Repente, a Literatura de Cordel, a Poesia Matuta e seus fazedores

Homenageados:

Patativa do Assaré

Leandro Gomes de Barros

Domingos Fonseca

Luiz Gonzaga

Patativa do Assaré
Leandro Gomes de Barros
Domingos Fonseca
Luiz Gonzaga

Nossas Referências

Leandro Gomes de Barros, paraibano, considerado o “pai da Literatura de Cordel” no Brasil;

Patativa do Assaré, caboclo cearense que imortalizou a poesia matuta; 

Domingos Fonseca, piauiense, fundador da primeira associação de repentistas do Nordeste e considerado o maior poeta lírico do Repente;

Luiz Gonzaga, o pernambucano Rei do Baião.

Espetáculo 3 | Live – Show realizado na Casa do Cantador em Ceilândia, 19/12/2020. Nilson Freire e os repentistas Chico de Assis e João Santana

Espetáculo 1 | Live – Show realizado no Espaço Cultural Instituto Invenção Brasileira, 15/12/2020. Nilson Freire e os repentistas Chico de Assis e João Santana

Espetáculo 2 | Live – Show realizado no Espaço Pé Direito, 16/12/2020. Nilson Freire e os repentistas Chico de Assis e João Santana

Norteste – A Poesia do Sertão Musical

Brasília é uma cidade com vocação para transformar raízes em antenas.  A cidade reúne uma grande diversidade de expressões culturais reconhecidas como patrimônio imaterial brasileiro. Dirigir cenicamente o musical

Nordeste – A Poesia do Sertão Musical foi uma experiência a mais no exercício de ser candango, ambientando diferentes expressões em um espaço aberto e interativo, com a possibilidade da participação do público procuramos manter vivo o espírito da brincadeira recriando o espaço da feira livre e do bar que reunia músicos, poetas repentistas,  literatura de cordel e participação do público e em uma interatividade que não separava espetáculo de espectador criando a interação mágica que diferencia uma festa de uma apresentação formal.

Agora, a pandemia nos colocou o desafio de manter vivo o espírito dessa festa  on-line via internet.  Fizemos modificações simplificando o ambiente, transformando o palco em estúdio mas preservando espaço para a participação imediata do público que durante as apresentações poderá sugerir motes que serão glosados e comentados pelos repentistas e cordelistas Chico de Assis e João Santana, enquanto o mestre forrozeiro Nilson Freire pavimenta a trilha sonora por onde viaja o show dirigido pelo maestro Fabiano Medeiros. A festa não pode parar.

Chico Simões – Diretor de Cena

Nilson Freire

Forrozeiro, cantor e compositor, nordestino do Norte Mineiro.

Chico de Assis

Repentista violeiro, do Rio Grande do Norte.

João Santana

Repentista brasiliense, músico, poeta e cantador.